Startups. Afinal, de que se trata?

Isso é para mim?

“Startup” me parece ser o termo mais falado e menos compreendido do momento. Eu mesmo confesso que tinha meu próprio vago entendimento, mas não conseguia dizer exatamente o que poderia ser classificado ou não como uma Startup.

 

E, pode até não parecer para alguns, mas classificar corretamente quem é quem é um passo fundamental na escolha dos próximos passos! E nem tudo que parece ser, é (ainda mais quando não sabemos definir) !

Bom, no meu caso, quando pensava em definições de Startup o que me vinha à cabeça eram definições como:

  • Startup é uma iniciativa tecnológica com altíssimo potencial de crescimento.

  • Startup é uma iniciativa onde os envolvidos trabalham loucamente 24 horas por dia e 7 dias por semana esperando por altos aportes financeiros.

  • Ou, como disseram alguns amigos meus, “um novo nome gourmetizado para o que antigamente chamava-se ‘abrir uma empresa’ ”.

Mas, uma definição de Eric Ries em seu livro “A Startup Enxuta” mudou completamente o meu olhar e me deu uma clareza sem igual:

“Uma Startup é uma instituição humana projetada para criar novos produtos e serviços sob condições de extrema incerteza.”

E nesse mercado disruptivo e exponencial, quem é que não está sob condição de incerteza? Quanto tempo um produto ou serviço se manterá relevante antes de a próxima moda inundar o mercado? No meio de tantas opções como saber a que o público irá aderir? E qual público irá aderir a que?

Ou seja, se você está dentro de um departamento e está incerto sobre o que está criando, surpresa: você está numa Startup!

E pode beneficiar-se dos vários conceitos, metodologias, ferramentas e frameworks que estão surgindo para este novo mindset de trabalho! E não estamos nem falando apenas de produtos e serviços a serem lançados para o mercado, iniciativas internas também podem ser encaradas como projetos de Startups.

 

Só não se esqueça de uma coisa: uma Startup também é um negócio completo. Ter uma boa ideia não é o suficiente para se dar bem. Idealize, construa, meça e aprenda. Torne sua iniciativa sólida, acelere e administre! Sustentabilidade é fundamental (sustentabilidade social, ambiental e, sem sombra alguma de dúvidas, financeira também)!

© 2019 Renova Consulting - Tecnologia, processos e transformação

Todos os direitos reservados